Qual a Importância De Possuir Uma Loja Virtual Grátis?

Clarissa de Mattos Silva

Como funcionam as lojas virtuais?

Eu tenho certeza de que você sabe o que é uma loja virtual. Afinal, hoje em dia, elas estão por toda a internet. Você as encontra no Facebook, nos anúncios da página do Google, e até em outras redes sociais, como o Instagram. Provavelmente, você também sabe como elas funcionam: você publica seu produto e os clientes fazem a comprar sem precisar sair de casa.

Se você pensa em vender pela internet, sei esses primeiros passos já foram dados. Também já deve ter procurado por grandes sites de venda, como o Mercado Livre e a OLX. Mas, o que menos pessoas sabem é que existem lojas virtuais grátis. Nelas, você cria seu espaço em cinco minutinhos, e já pode começar a vender.

Funciona assim: o interessado em anunciar seus produtos só precisa ter um e-mail, que é colocado no cadastro, junto a uma senha e um nome de usuário. O mais vantajoso é o que vem depois. Você pode configurar os meios de pagamento e o envio da mercadoria como quiser. Além disso, vai poder dar a cara que quiser à sua página.

Tudo deve ser feito com atenção para atrair clientes. O logo da sua marca, por exemplo, já deve ser convidativo, logo de cara. Com o endereço do site, é a mesma coisa. O visual da página também tem que agradar seu público. Por isso, trabalhe as fontes, cores de fundo e esses detalhes que definem o estilo da loja.

Por que deveríamos pensar em abrir uma loja virtual?

Ok, você já customizou à vontade. A essa altura – caso isso não tenha acontecido antes – você deve ter parado para avaliar se vale mesmo a pena começar uma loja virtual. Não seria melhor abrir uma loja física? Não seria mais fácil só cadastrar os produtos em uma daquelas enormes plataformas de vendas? Bom, é para responder a essas coisas que existem lojas grátis.

A primeira vantagem é essa mesma: é grátis. Existem sites que garantem muita visibilidade ao produto, é verdade. Mas, em troca, você deve pagar uma porcentagem à empresa. É o caso do site Enjoei, por exemplo. Isso pode comprometer seu lucro, principalmente se você foi iniciante. E todo mundo já sabe que iniciar um negócio é difícil por si só.

Da outra vantagem, também já falamos. Você manda no seu site. As cores da página não combinam? Não são atrativas? Sem problemas, isso você resolve bem rápido. Ser experiente em editar o site, isso você conseguirá com o tempo. Então, não se preocupe com as possíveis dificuldades do processo.

As lojas virtuais podem te salvar de obrigações. E te ajudar com outras.

Pronto, você está convencido de que abrir uma loja virtual é uma boa ideia. Então você se pergunta: por que é importante criar um negócio desse tipo? As lojas virtuais crescem muito, é verdade. Mas se quer saber a razão pela qual você, especificamente, deveria se dedicar a uma, eu te digo.

O e-commerce, como chamamos a venda virtual de produtos, dá bons resultados, apesar de ser bastante ignorado pela maioria das empresas. O fato é que pouco interessa se você tem uma grande empresa ou se você é só alguém tentando complementar a renda. Uma loja virtual grátis pode ser benéfica a todos.

Assim como não precisei te contar o que é uma loja virtual, acho que todos já sabem o tamanho da influência do meio virtual hoje em dia. As pessoas passam muito tempo conectadas às redes sociais e, você pode notar, pesquisam tudo no Google. Sei que você – assim como eu – já pesquisou um modelo de roupa, um calçado ou até um objeto para decoração na internet.

Isso torna um site de vendas importante por uma questão simples: os seus produtos estão muito mais expostos se comparados a uma loja física. Qualquer pessoa pode ver e comprar o que está ali, e o público não é reduzido. Se você for analisar, qualquer interessado que possua acesso aos correios está enquadrado no seu público.

É essencial poder levar os produtos a qualquer lugar do país, e quem sabe do mundo. A quantidade comercializada aumenta, e a divulgação é rápida e espontânea. Por isso, é importante considerar, nem que seja como um complemento da sua empresa, a possibilidade de estabelecer algum comércio online.

Aliás, essa questão da propaganda rápida é outro ponto importante. A internet tem um potencial imenso. As interações por minuto, por exemplo, são muitas. Em um dia, conteúdos se tornam virais. No meio digital as coisas funcionam assim. Além disso, qualquer dia e horário se tornam possíveis para comércio. Mais um motivo para marcar presença ali.

Em tempos de crise econômica, tentamos cortar o máximo de gastos possíveis, você sabe. Assim, as lojas virtuais podem ser vistas como um jeito de evitar pagar taxas e impostos. O conteúdo online não tem lugar, então não precisamos pagar impostos prediais, nem teremos uma série de outros custos.

Pense também na grande quantia de dinheiro que você precisaria investir para manter o ambiente bem cuidado. Isso já pode descartar. Se precisar, você pode investir minimamente para contratar alguém que entenda de computação, alguém que vá ajustar seu site. Mas, como vimos, a proposta da loja virtual grátis inclui autonomia na hora da produção do design.

As lojas físicas precisam estar adequadas a vários fatores. Temos inspeções de órgãos municipais e precisamos garantir que todas as regras de seguranças estão sendo cumpridas. No ambiente virtual, essas não são preocupações. Assim, você, comerciante, pode se dedicar totalmente ao seu produto.

Agora, vamos sair um pouco dessa conversa de lucro e benefício financeiro. Você, que trabalha ou possui uma empresa, já reparou como pode ser desafiador analisar o desempenho de seus produtos sem a ajuda da internet. Principalmente para quem quer complementar seu negócio, esse ponto é importante.

No ambiente virtual, você consegue ter acesso aos dados de todos os produtos. Quer saber se aquela peça está sendo visualizada? Basta acessar os registros e consultar o histórico do site. Podemos usar essas ferramentas não apenas no meio digital. Por meio dela, afinal, temos praticamente um estudo das preferências dos clientes.

Vou falar para você sobre mais dois pontos importantes, e que ajudam a analisar não só a loja virtual, mas também o desempenho da marca como um todo. Por isso, se você está procurando ter um site como extensão da sua empresa, preste uma atenção especial.

Nas plataformas digitais, você pode ter ferramentas integradas. Isso significa que o site pode ser conectado ao meio de pagamento, que já calcula o frete, e já encaminha a compra. Ao entrar, ainda conseguimos ter acesso a todas as redes sociais da loja. Se seu negócio tiver, por exemplo, uma página no Facebook, ela já aparece ali.

Um último ponto: temos mais liberdade. Você vai decidir se precisa aumentar o volume das vendas, ou se precisa aumentar preços, ou ainda, se é necessário ter itens mais variados. Com isso em mãos, você avalia o que será feito, e é aí que entra a grande vantagem do e-commerce. É fácil fazer promoções, criar programas de fidelidade e esquemas de descontos.

Digo que é fácil, pois você faz tudo. Nada de discutir vantagens e desvantagens, consultar diferentes setores, e tudo aquilo que devemos fazer em um ambiente de trabalho normal. Você senta, estabelece metas, cria ações e as divulga. Só tome o cuidado de avaliar seu negócio antes de entrar de cabeça nos esquemas de descontos.

Se você chegou até aqui e ainda não tem certeza que quer tentar ter uma loja virtual grátis, vamos tentar fazer um apanhado de tudo que discutimos. Falamos que esse tipo de comércio é barato, dá liberdade e pode ser trabalhado de maneira completamente autônoma. Aliás, mais uma coisa: você gostaria de não ter horários tão rígidos para trabalhar? Aqui isso dá certo.

Recapitulando a partir daqui. Com a divulgação, você não precisa ter dores de cabeça. A internet propaga tudo rapidamente, podemos fazer promoções e descontos, integramos o site às redes sociais e ainda podemos analisar o nosso desempenho de uma maneira fácil e rápida, sempre disponível.

O período de comércio está longe de ser preocupante. Podemos vender para qualquer lugar, a qualquer hora, em diversas circunstâncias. Como vimos também, isso forma um público bem variado, reduzido praticamente ao interesse. A internet atravessa o mundo, não tem hora para parar e pode acelerar o sucesso da marca em tempo recorde.

Dinheiro não é problema. Nas lojas virtuais, ficamos de fora das cobranças de taxas e impostos, não nos preocupamos com mobílias, decorações ou com o conforto do cliente. Afinal, ele não atravessará uma portinha para estar em sua loja. Imagina se fossemos nos preocupar com segurança então?

Por fim, se você já é dono de uma empresa ou pequeno negócio, possuir um site não vai te atrasar. Podemos melhorar a imagem da marca, aumentar o contato com os usuários, trabalhar o marketing de conteúdo digital, entre várias outras coisas. Além de não atrapalhar, deve ser considerado crucial para o melhor desenvolvimento da companhia.

Acho que agora, você já tem todas as informações necessárias para finalmente decidir se vai apostar nesse negócio. Se ainda sobrar insegurança, lembre-se: às vezes, é bom assumir uns riscos. Mais uma coisa: lojas virtuais grátis não são eternas e não geram prejuízos.